Pular para o conteúdo principal

Pessoas Especiais


Existem pessoas que tem um brilho próprio, parecem iluminadas.  Elas nos encantam sem pedir permissão.  Aonde entram,  mudam o ambiente, trazem uma nova energia positiva para o espaço, e todos sentem a diferença. 
Aquela freirinha encantadora, que parece que nunca teve uma dor de dente ou qualquer outra contrariedade. Que, quando chega as crianças se aproximam alegres, e ela distribui ainda mais alegria.
Aquele líder que carrega um aura de competência e tranquilidade, que quando se apresenta todos ficam tranquilos, com a certeza de que tudo vai dar certo. 
Aquela monge budista que irá dar a palestra para cerca de 500 pessoas que já o aguardam. E, quando ele entra naquele auditório, todos ficam em silencio respeitoso e passam a sentir uma paz, uma completitude que raramente tiveram oportunidade de sentir. E isso só por ver, estar próximo, daquela figura humilde em sua grandeza.
Quem são essas pessoas?  Por que são assim?
Difícil dizer. Mas, sabemos que elas tem algo em comum: entusiasmo pelo que fazem. São responsáveis, se preparam muito bem para exercer a sua atividade, se entregam totalmente ao momento atual, acreditam na proposta, e fazem o que fazem bem humoradas, de coração aberto.  Parece que são movidas por uma causa maior, que está além dos limites da ação em questão, e não por interesses pessoais ou pequenos.
Além disso, elas têm uma visão  da sua missão que está além do ‘que’ e do ‘como’ fazer. Elas sabem também o ‘porque’ estão fazendo o que fazem, da meta a ser alcançada, do plano a ser realizado. Essa visão macro evita erros que eventualmente outros pudessem cometer. Elas tem como que uma bússola que sempre lhes indica o melhor caminho, em todas as situações. Para os estranhos, para os que não são assim também, podem até parecer mágicas. Seu jeito de ser, simpático, tranquilo, correto e ético, e a sua eficácia, são percebidos pelos demais, e resulta em respeito.
De modo geral essas pessoas são bem sucedidas e felizes em sua vida pessoal e profissional. E,  se não forem, não é por incompetência. Deve ser apenas por falta de interesse pessoal ou de oportunidades positivas.
Se você tiver a felicidade de conhecer alguém assim, se aproxime. Aproveite para saber mais sobre ela. Essas pessoas são generosas e tem muito a dar.
Elas não se fixam por muito tempo no mesmo lugar. São como pássaros raros, difíceis de se ver na floresta. No seu continuo evoluir  acabam por sair deste 'galho' e ir para outro mais alto, para outro, outro. E, em pouco tempo desaparecem da nossa vista.  
Entretanto, tão marcante é a sua presença,  que, mesmo  tendo ido embora, ainda parecem estar conosco, nos orientando. Esse é o seu legado.  São pontes iluminadas, inspiradoras, que irão  nos ajudar a aprender, a evoluir, de tal forma que, no final do percurso, estaremos mais  preparados para o que estiver nos esperando
São pessoas que aparecem assim de repente, roubando a cena, e muita das vezes o filme inteiro.
Preenchem o espaço, iluminam os cantos, fazem brotar sorrisos, trazem inspirações.
Invadem nosso mundo e nossos corações.
São pessoas que realmente tornam a vida mais bela...
Pessoas especiais, que encantam ....

Postagens mais visitadas deste blog

Grabovoi - O Poder dos Números

O Método Grabovoi  foi criado pelo cientista russo Grigori Grabovoi, após anos de estudos e pesquisas, sobre números e sua influência no nosso cérebro. Grigori descobriu que os números criam frequências que podem atuar em diversas áreas, desde sobrepeso até falta de concentração, tratamento para doenças, dedicação, e situações como perda de dinheiro. Os números atuam como uma ‘Código de desbloqueio’ dentro do nosso inconsciente, criando frequências vibratórias que atuam diretamente na área afetada e permitindo que o fluxo de informações flua livremente no nosso cérebro. Como funciona? As sequências são formadas por números que reúnem significados. As sequências podem ter  1, 7, 16, ou até 25 algarismos, e quanto mais números, mais específica é a ação da sequência. Os números devem ser lidos separadamente, por exemplo: 345682 Três, quatro, cinco, seis (sempre o número seis, não ‘meia’), oito, dois. Como praticar Você deve escolher uma das sequencias num

Thoth

Deus da lua, juiz dos mortos e deus do conhecimento e da escrita, Thoth (também Toth, ou Tot, cujo nome em egípcio é Djehuty) é um deus egípcio, representado com cabeça de íbis. É o deus do conhecimento, da sabedoria, da escrita, da música e da magia. Filho mais velho do deus do sol Rá, ou em alguns mitos nascido da cabeça de Set, era representado como um homem com a cabeça da ave íbis ou de um babuíno, seus animais sagrados.   Sendo o deus associado com o conhecimento secreto, Thoth ajudou no sepultamento de Osíris criando a primeira múmia. Era também o deus das palavras, da língua e posteriormente os gregos viam este deus egípcio como a fonte de toda a ciência, humana e divina, do Egito. O culto de Thoth situava-se na cidade de Khemenou, também referida pelos gregos como Hermópolis Magna, e agora conhecida pelo nome árabe Al Ashmunin. Inventor da escrita Segundo a tradição, transmitida também por Platão no diálogo Fedro, Thoth inventou a escrita egípc

Por que Jesus dobrou o lenço?

‘E que o lenço, que estivera sobre a cabeça de Jesus, não estava com os panos, mas enrolado num lugar à parte’.(João 20:7) Por que Jesus dobrou o lenço que cobria sua cabeça no sepulcro depois de sua ressurreição? Você já deteve sua atenção a esse detalhe? João 20:7 nos conta que aquele lenço que foi colocado sobre a face de Jesus não foi apenas deixado de lado como os lençóis no túmulo. A Bíblia reserva um versículo inteiro para nos contar que o lenço fora dobrado cuidadosamente e colocado na cabeceira do túmulo de pedra. Bem cedo pela manhã de domingo, Maria Madalena veio à tumba e descobriu que a pedra havia sido removida da entrada. Ela correu e encontrou Simão Pedro e outro discípulo, aquele que Jesus tanto amara. Disse ela: ‘Eles tiraram o corpo do Senhor e eu não sei para onde eles o levaram’. Pedro e o outro discípulo correram ao túmulo para ver. O outro discípulo passou à frente de Pedro e lá primeiro chegou. Ele parou e observou os lençóis lá,