Pular para o conteúdo principal

Postagens

Tarefas Enfadonhas

  Você pode torná-las agradáveis, e até ansiar por elas! Tenho 67 anos, mas meu ‘chorão interior’ ainda está vivo e bem, especialmente quando se trata de fazer tarefas chatas. Como essas tarefas consomem bastante tempo e energia vital, estou explorando maneiras de torná-las divertidas. Essa é minha prioridade hoje em dia. Quero que minha vida seja o mais alegre possível, não importa o que eu esteja fazendo. O tempo é curto. Você não sabe quanto tempo você tem. Melhor aproveitar agora. Algumas coisas que aceitei sem protestar, como escovar os dentes e passar fio dental. Sem gemidos e gemidos. Já superei isso há muito tempo. Eu apenas faço isso. Diariamente. Eu também arrumo minha cama sem reclamar. É um dado. Mas há outras tarefas diárias ou semanais que me deixam ressentido e irritado. Aquela parte chorosa de mim diz: ‘De novo não!!! Eu fiz isso ontem!’ Estou brincando com maneiras de mudar isso. Aceitando a repetição implacável Acho que ajuda me lembrar de que exist
Postagens recentes

Correr, nadar ou andar de bicicleta?

Decisão depende de objetivos individuais, preferências pessoais e das condições físicas de cada um   O cirurgião ortopedista Wander Ama começou a praticar triatlo —combinação de natação, ciclismo e corrida— em 2011 , aos 36 anos. ‘Eu estava em um período de vida meio conturbado, em que a prioridade sempre foi o trabalho’, diz. Para priorizar a saúde, ele procurou um técnico para treiná-lo e, cerca de dez meses depois, fez sua primeira prova Ironman, em que os participantes percorrem quatro quilômetros nadando, 180 quilômetros de bicicleta, e 42 correndo. O cirurgião ortopedista e médico do esporte diz que foi onde encontrou ‘equilíbrio na vida’. ‘Minha saúde melhorou. Na época, estava pré-diabético e com início de hipertensão, considerando tomar remédio. Hoje em dia não tenho mais nada disso’. Ama perdeu 30 quilos e já participou de pelo menos dez provas Ironman nesses 13 anos. Mas sabe que nem todo mundo consegue manter o mesmo ritmo. Os educadores físicos e médicos do

Fases da Vida

A vida de todas a pessoas são constituídas de fases, cada qual com as suas características. Infância  Na infância somos totalmente dependentes dos nossos pais. Aos poucos, vamos nos libertando, conhecendo o mundo exterior – casa de parentes, parques, escola, Clube... Nesse meio criamos amigos, normalmente da mesma condição social e idade. Adolescência Nessa fase normalmente já temos consciência de quem somos, e de quem queremos nos tornar. Frequentamos a escola já pensando na faculdade que queremos cursar; no emprego que gostaríamos de ter; no que gostaríamos de conquistar. Selecionamos nossos amigos de acordo com os nossos princípios, gostos, e objetivos. Adulta Nessa fase se   supõem que já estejamos preparados para praticar a atividade que irá nos prover sustento.   Nossa evolução profissional irá depender, além da nossa capacidade, formação, do bom relacionamento com pessoas que possam facilitar a realização dos nossos objetivos. Normalmente nessa fase nos casamos,

Titanic

  Às 23h40 do dia 14 de abril de 1912 , um dos marinheiros a bordo do Titanic viu um iceberg no caminho seguido pelo navio. As manobras evasivas não foram céleres o suficiente para mudar o curso da embarcação, que se chocou diretamente com a rocha de gelo e teve cinco câmaras essenciais para sua flutuação comprometidas, condenando assim a embarcação e a tripulação. A proa afundou tanto que o casco do navio ficou na vertical, como um monumento no meio do Oceano Atlântico. Às 2h20 do dia 15 , o inafundável Titanic descansava sob as ondas. Seis avisos Mas a história do marinheiro, apesar de poética, não é completamente verdadeira: a tripulação do Titanic foi alertada seis vezes por outros navios que passavam pela região, e a aparição do obstáculo não deveria ter sido tão repentina quanto foi. Capitão Edward Smith, Inglaterra, 1850-1912   O capitão Edward Smith ignorou os avisos e ordenou a tripulação a continuar a viagem a todo vapor - uma atitude comum para a época, visto