Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de julho, 2024

Futebol Brasil

    Falar sobre a atual fase da seleção brasileira de futebol não é falar apenas sobre futebol. O esporte que sempre foi a identidade brasileira no mundo, também reflete o comportamento do povo. A marchinha da copa de 62 dizia: ‘A taça do Mundo é nossa, com brasileiro não há quem possa...O Brasileiro lá no estrangeiro mostrou o futebol como é que é’. Este trecho aponta para o comportamento criativo e ousado do Brasileiro, que jogava confiante, que ia para ensinar, seguro do que faria. Os jogadores, quase todos de origem humilde, enfrentavam dificuldades sociais na vida, precisavam vencer desafios, não se intimidavam com as adversidades, improvisavam para viver. E era exatamente isto o que Garrincha, Pelé, Didi e outros faziam em campo. A seguir veio o improviso do Zico, o galo de Quintino, garoto do subúrbio. A autoconfiança e malandragem de Romário, a mesma que ele aplicava nas peladas que disputava na Vila da Penha. Depois, a objetividade e força do Ronaldo, a eficiência e se

César Lattes

  Brasileiro se tornou celebridade mundial após duas grandes descobertas nos anos 1940   O físico César Lattes (1924-2005) ao desembarcar no aeroporto de Congonhas - SP, em 1948 Prótons e nêutrons formam o núcleo atômico, como quase todo mundo sabe. Mas o que permite que vários prótons, todos com carga positiva e, portanto, repulsivos uns aos outros, se juntem para formar átomos? E por que esses agregados simplesmente não explodem, e se desmancham numa fração de segundo? Coube ao brasileiro César Lattes, cujo nascimento completa cem anos no dia 11 de julho, descobrir a ‘cola’ que supera a repulsão eletromagnética e, com isso, permite a existência da matéria como a conhecemos. O achado ocorreu em 1947, 12 anos após o pesquisador japonês Hideki Yukawa formular uma teoria de como uma partícula, até então jamais observada, poderia ser emitida e absorvida por prótons e nêutrons, e com isso criar uma ligação de curto alcance entre eles, que seria muito mais poderosa que a repulsão do

Revolução de 1924

Apesar das mortes e do sofrimento que causou, ela é chamada de 'Revolução Esquecida' -   100 anos de esquecimento                               Civil ferido é transportado para o hospital militar - 7 de julho de 1924 Histórico Revolta de 1924 em São Paulo (também chamada de Revolta Paulista, Revolução ou Movimento de 1924, Segundo 5 de Julho, e Rebelião de 1924 em São Paulo) foi um conflito brasileiro com características de guerra civil, deflagrado por militares tenentistas para derrubar o governo federal de Artur Bernardes. Iniciado na cidade de São Paulo em 5 de julho, o movimento se expandiu para o   interior, e inspirou levantes em outros estados. O combate urbano concluiu numa vitória legalista em 28 de julho. A retirada dos rebeldes, até setembro, deu continuidade ao movimento com a Campanha do Paraná. O núcleo conspiratório por trás da revolta era de oficiais do Exército, veteranos da ‘Revolta dos 18 do Forte’, de 1922 , aos quais se associaram militares d