Pular para o conteúdo principal

Guia de Bolso para uma vida suficientemente boa



“Aqui não existe essa coisa de saída livre...
Uma jovem com quem trabalhei durante três anos estava pronta para deixar a terapia. Estava calma, feliz e prestes a sair da sala para o resto da vida. Eu estava excitada por ela, mas eu sentiria sua falta. Essa é a questão de ser um psicólogo: só porque você quer que as pessoas vivam felizes sem você, não significa que você goste.
‘Então acabou’, disse ela. ‘Aqui é onde você diz algo sábio e iluminador que me manterá todo o resto dos meus dias’.
‘E se o que eu disser não for bastante bom?’
Ela sorriu com a referência aos seus padrões perfeccionistas, algo em que trabalhamos arduamente. Mas ela não havia terminado comigo. ‘Se você diz adeus e boa sorte, eu vou te dar uma bofetada. Eu gastei muito tempo e dinheiro aqui e espero o melhor que você tem’.
Ela então me abraçou, o que faria alguns psicólogos franzirem a testa, mas eu deixo os clientes criarem o  seu próprio final: se eles querem abraçar, eu também. E prometi que, quando chegasse em casa naquela noite, escreveria algumas palavras de despedida, dicas para a vida, válidas para sempre.
Então, aqui está, a minha versão de tudo que realmente importa.
O Guia de Bolso para uma vida suficientemente boa.
1-       A merda acontece
O caramba acontecendo com você é tão seguro quanto a morte - e isso ocorre primeiro. Por mais legal ou abençoado que você ache, você será testado. Então arme-se; mantenha-se aberto para mudar e continue construindo um kit de ferramentas emocional que irá servir para você nos tempos difíceis.
2-       Feche-se
Ok, não totalmente -  isso seria estranho. Cultive sua mente, corpo e espírito - e deixe-se levar para algum divertimento, às vezes. O estar com você mesmo é o único relacionamento que você não pode perder. Trate-se com bondade e respeito.
3-       Mantenha seu passado atrás de você
Todos nós temos histórias, algumas mais nocivas do que outras. Invista na compreensão da sua, mas não deixe que ela o atrapalhe e o retenha lá atrás. A vida está aqui, agora mesmo. Comprometa-se a estar no presente, enquanto planeja o futuro.
4-       Mostre e mostre
A vida é como um bilhete de loteria: você não pode ganhar se você não o tiver. Então, saia da cama, vá e ofereça o que você tem de melhor. Se você não sabe,  o melhor é gastar o tempo trabalhando com seus pontos fortes: eles são o seu passaporte para deixar a sua marca no mundo.
5-       Faça arte ruim
A sério. A criatividade é comida da alma. Não se diga que não é imaginativo, apenas faça coisas. Isso irá distraí-lo de seus problemas, invocá-lo no presente, e dar-lhe um senso de realização. E se você está paralisado por suas próprias expectativas elevadas, rasgue-as, e comece a fazer MÁ arte. É realmente gratificante.
6-       As pessoas importam (mas algumas não)
Os bons relacionamentos são as fundações da felicidade. Os maus vão te separar e destruir sua autoestima. Então, invista naqueles que importam; construa um grupo que irá durar - que vai crescer e mudar com você - e deixar os tóxicos ir. Eles apenas servem para limitar ou machucar você.
7-       Seja bem legal
Não fique morto, devagar, porque pessoas malvadas vão tomar o seu lugar. Seja gentil e generoso, mas diga não, às vezes. Pare de se preocupar com a atenção ou aprovação, e não se importe com o que os outros pensam de você. Se isso ajudar, quando você chegar a 50, você perceberá que, de qualquer maneira,  ninguém estava mesmo interessado em você.
8-       Seu corpo não é um templo
Seu corpo é apenas um corpo. Então não fique obcecado com isso. Alimente-o bem, mova-o e O trate com respeito e assim você terá com força e energia, adaptado às suas roupas favoritas. Abusar dele é perigoso – ele pode querer se vingar.
9-       Salte com dois pés
Não estando perto de um penhasco ou de alguma coisa perigosa, obviamente. Mas faça o que fizer, faça com seu coração inteiro. Jogue-se completamente. Ser totalmente presente irá iluminá-lo. Estar no meio a meio, metade no trabalho, nas relações, na vida familiar, impedirá que você obtenha mais prazer / sucesso / amor de qualquer coisa.
10-    A vida é um longo avançar
Estatisticamente, tudo vai bem, e com um pouco de sorte, você vai viver muito tempo. A grande tentação da juventude é querer fazer tudo isso no agora. Defina metas! Seja produtivo! Tenha uma rotina matinal de 6 pontos! Leia 10 livros por semana! É tudo de bom, mas você também tem permissão para ficar deitado de bruços, comer muita pizza, e se deixar levar pela compulsão de ver a Netflix,  às vezes. Não tenha pressa. Crie uma vida que signifique ou deixe algo. Pensar. Adaptar. Evoluir. Avançar. E procure o ouro em seu mundo - mesmo quando tudo que você pode ver são chips de ferro.”

Texto: Karen Nimmo , Psicóloga Clínica  |  Medium


(JA, Nov17)

Postagens mais visitadas deste blog

Grabovoi - O Poder dos Números

O Método Grabovoi  foi criado pelo cientista russo Grigori Grabovoi, após anos de estudos e pesquisas, sobre números e sua influência no nosso cérebro. Grigori descobriu que os números criam frequências que podem atuar em diversas áreas, desde sobrepeso até falta de concentração, tratamento para doenças, dedicação, e situações como perda de dinheiro. Os números atuam como uma ‘Código de desbloqueio’ dentro do nosso inconsciente, criando frequências vibratórias que atuam diretamente na área afetada e permitindo que o fluxo de informações flua livremente no nosso cérebro. Como funciona? As sequências são formadas por números que reúnem significados. As sequências podem ter  1, 7, 16, ou até 25 algarismos, e quanto mais números, mais específica é a ação da sequência. Os números devem ser lidos separadamente, por exemplo: 345682 Três, quatro, cinco, seis (sempre o número seis, não ‘meia’), oito, dois. Como praticar Você deve escolher uma das sequencias num

Thoth

Deus da lua, juiz dos mortos e deus do conhecimento e da escrita, Thoth (também Toth, ou Tot, cujo nome em egípcio é Djehuty) é um deus egípcio, representado com cabeça de íbis. É o deus do conhecimento, da sabedoria, da escrita, da música e da magia. Filho mais velho do deus do sol Rá, ou em alguns mitos nascido da cabeça de Set, era representado como um homem com a cabeça da ave íbis ou de um babuíno, seus animais sagrados.   Sendo o deus associado com o conhecimento secreto, Thoth ajudou no sepultamento de Osíris criando a primeira múmia. Era também o deus das palavras, da língua e posteriormente os gregos viam este deus egípcio como a fonte de toda a ciência, humana e divina, do Egito. O culto de Thoth situava-se na cidade de Khemenou, também referida pelos gregos como Hermópolis Magna, e agora conhecida pelo nome árabe Al Ashmunin. Inventor da escrita Segundo a tradição, transmitida também por Platão no diálogo Fedro, Thoth inventou a escrita egípc

Por que Jesus dobrou o lenço?

‘E que o lenço, que estivera sobre a cabeça de Jesus, não estava com os panos, mas enrolado num lugar à parte’.(João 20:7) Por que Jesus dobrou o lenço que cobria sua cabeça no sepulcro depois de sua ressurreição? Você já deteve sua atenção a esse detalhe? João 20:7 nos conta que aquele lenço que foi colocado sobre a face de Jesus não foi apenas deixado de lado como os lençóis no túmulo. A Bíblia reserva um versículo inteiro para nos contar que o lenço fora dobrado cuidadosamente e colocado na cabeceira do túmulo de pedra. Bem cedo pela manhã de domingo, Maria Madalena veio à tumba e descobriu que a pedra havia sido removida da entrada. Ela correu e encontrou Simão Pedro e outro discípulo, aquele que Jesus tanto amara. Disse ela: ‘Eles tiraram o corpo do Senhor e eu não sei para onde eles o levaram’. Pedro e o outro discípulo correram ao túmulo para ver. O outro discípulo passou à frente de Pedro e lá primeiro chegou. Ele parou e observou os lençóis lá,